A Second Act in Rural Migration in Western Pará: Rural Out-Migration and the Legacy of Amazon Colonization
Abstract

Abstract:

In this research we consider rural out-migration from two study sites in western Pará in the Amazon Basin. Here we argue that out-migration is strongly influenced by historical context, and by the legacy institutions associated with each site’s period of colonization. We support our argument with longitudinal survey data collected from the rural surroundings of Altamira and Santarém. Our data suggest that rural out-migration is significantly higher from Altamira, the more recently colonized study site. They also indicate that measures of wealth, including access to cattle, property, and housing, artifacts of the institutional periods under which the two study sites were first founded, now exhibit highly divergent influences on migration decisions. We then argue that the varying institutional and historical contexts that once shaped in-migration into the eastern Amazon Basin are now reshaping present day out-migration from the region.

Resumo:

Nesta pesquisa consideramos emigração rural a partir de dois locais de estudo no oeste do Pará, na Bacia Amazônica. Aqui nós argumentamos que a emigração é fortemente influenciada pelo contexto histórico, e pelas instituições de legado associadas com o período da colonização de cada site. Apoiamos nosso argumento com dados longitudinais coletados dos arredores rurais das cidades de Altamira e Santarém. Nossos dados sugerem que a emigração rural é significativamente maior de Altamira, o local de estudo mais recentemente colonizado. Eles também indicam que as medidas de riqueza, incluindo o acesso ao gado, propriedade e habitações urbanas, artefatos dos períodos institucionais em que os dois locais de estudo foram fundadas, agora exibem influências altamente divergentes sobre as decisões de migração. Nós, então, argumentamos que o legado dos contextos institucionais e históricos que anteriormente formaram in-migração a Bacia Amazônica oriental, atualmente, estão formando a emigração rural da região.