O Retorno
In lieu of an abstract, here is a brief excerpt of the content:

o preconceito racial vive   abre os olhos hiberna numa zona intermédia entre o costume história como texto divino hábito treta milenar e o reino da estupidez congenial ao nascimento sentimental intelectual da alma    sopro do macaco desnudo depelado

mas a audácia   o topete    a afronta afro do negro    aquele um que responde retruca em legítimo ataque e de maneira sem papado na língua sem travas na e não engolindo mais a meia-idéia de que para um limbo tenha sido conduzido o racismo

um limbo murando-o para que borrascas borra de negrada não o reduzisse a pó branco imêmore   marmóreo um limbo que servisse   servindo de abrigo ao racismopara então alguma vez torna e meia- volta   re-tornar em visitação pública farejando o ar revigorado de novas folhas e disposto a não ver os negros espaços infinitos onde coruscam ínfimas estrelas

Ronald Augusto

Ronald Augusto is author of Disco and Puya, volumes of poems. He lives in Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brazil.

...


pdf